Tel.: +258 84 301 3341

O CCS estabeleceu parcerias com Organizações Comunitárias de Base (OCB), como forma de dar resposta às necessidades de PVHS e outros grupos vulneráveis nas comunidades.

O objectivo principal é:
Promover serviços que complementam as tarefas dos trabalhadores de saúde nas US´s e nas comunidades, garantindo a ligação de vários serviços dentro da Unidade Sanitária e a continuidade dos cuidados e tratamento na Unidade Sanitária assim como nas comunidades.

Adesão e Retenção dos Pacientes

Com vista a garantir uma boa adesão e retenção dos pacientes em cuidados e tratamento algumas estratégias de envolvimento comunitário têm sido implementadas tais como: o trabalho com os educadores de pares em Maputo e Inhambane respetivamente; o envolvimento das parteiras tradicionais na província de Maputo e o trabalho com ativistas comunitários afiliados em diversas organizações comunitárias de base (OCB´s).
Outros atores comunitários apoiados são: praticantes de medicina tradicional lideres comunitários, Agente polivalente elementar (APE´s) e voluntários de Directa Observação de Tratamento (DOT) comunitário que se envolvem em atividades de educação comunitária para a saúde na prevenção de doenças e adoção de comportamentos saudáveis, busca ativa de pacientes faltosos, visitas domiciliarias e atividades nas US´s como palestras, acolhimento e referencias dentre das US`s e as atividades de busca ativa de pacientes faltosos às consultas e ao levantamento de ARV’s.

Principais atividades desenvolvidas

Realização de palestras na comunidades e na US, difundindo mensagens centradas na (Prevenção, Mitigação, Advocacia e importância das Visitas ao Domicilio);
Melhorar a adesão ao TARV e aos cuidados hospitalares, através da realização de visitas domiciliares para pacientes faltosos e abandonos;
Promover atividades educativas e de retenção nas Unidades de Sanitárias sensibilizando pacientes a aderirem aos GAAC´s;
Promover o fortalecimento das relações entre as comunidades e serviços de saúde através de realização de encontros de coordenação entre as lideranças comunitárias, US´s e sociedade civil;
Sensibilizar e mobilizar as comunidades para criação de clima mais solidário para as PVHIS;
Aumentar o acesso aos serviços e cuidados hospitalares através de referências e contra referências.