Tel.: +258 84 301 3341

Com vista a incrementar a qualidade dos Serviços de Saúde e fazer com que os provedores de saúde estejam melhor capacitados para disponibilizar atempadamente um regime de cuidados e tratamento eficaz, o CCS apoia o Sector de Saúde da cidade de Maputo e província de Inhambane na implementação das seguintes atividades:

  • Formação de provedores de saúde em pacotes de Prevenção Positiva;
  • Mentoria dos provedores de saúde na oferta das componentes de Prevenção Positiva nomeadamente: comportamento sexual, revelação do sero estado ao parceiro, adesão ao TARV, ITS, planeamento familiar e PTV, consumo de álcool e outras drogas, referência para serviços de apoio e comunitário.

Como resultado destas formações, está sendo possível expandir gradualmente a implementação de Prevenção Positiva para as Unidades Sanitárias existentes nas regiões do país acima mencionadas.

 

No âmbito do diagnóstico e oferta de serviços de saúde, as iniciativas estruturais importantes foram o aconselhamento e testagem em saúde, em duas formas reconhecidas pelo MISAU, nomeadamente o ATIP - aconselhamento e testagem iniciada pelo provedor (médicos, técnicos de medicina, enfermeira do SMI, técnicos de saúde), envolvendo posteriormente conselheiros leigos, e o ATIU (aconselhamento e testagem iniciada pelo Utente). Além disso, ampliou-se a cobertura dos cuidados pré-natal no país, proporcionando uma oportunidade para aconselhamento em PTV. Embora os serviços estejam cada vez mais acessíveis, a cobertura em relação à prevenção da transmissão vertical continua insuficiente se comparada ao elevado número de novas infeções, além de persistirem desigualdades em relação às áreas mais remotas (Informações fornecidas pelo MISAU em 2016). Em Dezembro de 2014, a cobertura de anti-retrovirais da população para a prevenção da transmissão vertical foi de 96% (UNICEF, 2016), contudo, ainda é deficiente o acesso das grávidas ao controlo pré-natal.   

Ler mais...

Artigos semelhantes

Outros eventos